19 junho, 2017

Otimismo

Depois de algum tempo sem alimentar meu Blog, resolvi revisitá-lo e agregar algo que foi de suma importância nesses últimos dias. O cordel sobre otimismo do meu conterrâneo Bráulio Bessa, sem palavras! Ele diz por si só! A gente perde tanto tempo com apegos: pessoas, coisas, dinheiro, lugares, trabalho e etc. Quando "perdemos" pensamos que é o fim do mundo, choramos, sofremos... Pra isso eis a resposta:

Sobre a vida... 
sendo eu um aprendiz 
a vida já me ensinou 
que besta é quem vive triste 
lembrando do que faltou 
magoando a cicatriz 
esquece de ser feliz 
por tudo o que conquistou 
afinal, nem toda lágrima é dor 
nem toda graça é sorriso
nem toda curva da vida 
tem uma placa de aviso
nem sempre que você perde
é de fato um prejuízo
o meu ou o seu caminho
não são muito diferentes
tem espinho, pedra e buraco
‘pra mode‘ atrasar a gente
não desanime por nada
pois até uma topada
empurra você pra frente
só eu sei cada passo por mim dado
nessa estrada esburacada que é a vida
passei coisas que até mesmo Deus duvida 
fiquei triste, capiongo, aperreado 
porém, nunca me senti desmotivado
me agarrava sempre numa mão amiga
e de forças minha alma era munida
pois do céu a voz de Deus dizia assim:
suba o queixo, meta os pés, confie em mim
vá pra luta que eu cuido das feridas."

Nenhum comentário: